Tarefas e tarefas

Tenho a certeza que não sou a única a achar que (sem qualquer femininismo por trás desta afirmação) as mulheres são mega multi-tasking!

Seja em casa ou no trabalho.

Muito facilmente se está a fazer mais do que uma coisa ao mesmo tempo. Os homens estão, por norma, concentrados num menor número de tarefas simultâneas.

Mas, para mim, mais do que a capacidade de fazer várias coisas, o peso da responsabilidade em assegurar que tudo funciona é brutal: há carne?, há peixe?, há jantar?, há roupa lavada?, há o documento x pronto para a reunião y?, há backup para poder estar numa reunião até às 19?. Simplesmente: há coisas feitas?

Quando alguma coisa falha, para além de ser notado, a mim, pelo menos, causa-me uma sensação de fracasso tremenda… Porque me esqueci de pensar no jantar, porque não comprei as sapatilhas para a dança, porque não lavei a bata da escola, porque tive de sair mais cedo (ou a horas!) para ir buscar as miúdas à escola, porque não consegui terminar um trabalho com o qual me comprometi…

É das coisas que mais me faz sofrer: por um lado o peso da responsabilidade e o “assumir” que devo conseguir organizar tudo sozinha… Por outro, o peso da necessidade de partilhar esta responsabilidade, no que toca à organização da vida familiar para garantir que tenho equilíbrio para gerir todo o meu dia.

A somar a tudo isto há ainda uma peça fundamental: o meu feitio. Sim, meus caros, não é muito fácil. Admito! Sou orgulhosa, sou controladora. Mas depois, quando chego ao limite, queixo-me e refilo. Ora, claro que tenho consciência que se não quero ajuda depois não posso achar que a mesma tem de aparecer porque sim.

Cada um de nós encontra um equilíbrio na vida familiar e na organização e gestão do dia a dia. Mas, para quem possa ser como eu, é importante pedir ajuda. Não vamos achar que falhou a vontade de fazer diferente apenas porque sozinhas(os) não conseguimos. Como em tudo na vida é importante envolver e construir em conjunto.

Se cá por casa eu planeio e trato das listas das compras, assegurando quase tudo (pelo menos as entregas em casa), o babe ajuda a finalizar o jantar sempre que é ele que chega mais cedo, trata dos banhos e arruma a cozinha (graças! que esta parte dispenso bem).

O regresso ao trabalho (que já foi há 2 meses!) tem sido muito mais pacífico por causa deste planeamento. Se no trabalho todos planeamos o que vamos fazer e quando, em casa (até certa medida e para algumas tarefas) vale a pena o esforço de tornar isso uma rotina.

(re)Leiam este e este post que coloquei há uns meses sobre como me organizo. Pode ajudar!

2 thoughts on “Tarefas e tarefas

  1. Sim, as mulheres são mesmo multitasking! Também sinto isso, tenho imensas pequenas coisas para fazer, coisas essas que não se “notam” mas fazem toda a diferença (manter a ordem e organização em casa, lembrar-me que tenho de comprar x e y, lavar uma determinada peça de roupa que um dos miúdos vai precisar ou simplesmente cozer um buraco numa camisola), isto aliado às tarefas corriqueiras do dia a dia (tarefas ligadas aos miúdos, roupa, alimentação, tratar das galinhas), ufa! – às vezes fico cansada só de listar a imensidade de pequenas tarefas que tenho para fazer… também acontece pensar que vou chegar a casa e sentar-me um bocadinho no sofá – hahaha pura ilusão!

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s