O meu top de 2017!

Isto de ser nova na blogosfera tem muitas aprendizagens. Se andava, há uns dias, a pensar o que queria escrever no post de hoje… sobre os meus desejos para vós; sobre os meus desejos para mim; sobre como inspirar para 2018 ser melhor e mais saudável… percebi que, tal como cada um faz o seu balanço do ano que termina, deveria parar para pensar (e escrever!) sobre o que me marcou neste 2017.

A baby M

Ter um filho é mesmo algo maravilhoso (respeito quem não o queira! ☺️) e começar o ano cheia de emoções enche o coração não por dias, não por meses, mas por anos. Pensamos que não há espaço para mais (quando se tem um segundo ou terceiro ou quarto… filho), mas há. O coração de mãe (e de pai) é enorme e estica sem parar.

O que tem o segundo de diferente? a sabedoria passada que nos permite viver mais o momento. De forma menos stressada.

A big M

Diria que as duas farão sempre parte do top por tudo o que me dão todos os dias. Foi bom poder dar-lhe uma irmã e ver como ela cresceu e se tornou na “crescida”. Ainda que infantil nos seus 3 anos, foi linda e maravilhosa. Aceitou a irmã. Amou a irmã. Já não passa sem a manicas. E eu já não passo sem ver a interação das duas.

Tempo para nós

Para nós os 4. Não foi o ano de tempo para 2 (essa aposta está nas cartas de 2018).

O consumo de tempo mais que duplica quando se tem um segundo filho. E, das melhores opções que tomei, estender a licença de maternidade permitiu viver com menos stress a fase de adaptação. Aproveitar as duas. Aproveitar a primavera. Aproveitar o verão. Ir ao parque às 16:00. Ter os banhos despachados às 19:30. Ir para a cama cedo e não ter tantas birras.

Claro que este tempo foi mais do que isto, mas comparando com o dia a dia normal é do que sinto mais falta.

O blog

Impossível ter iniciado este projecto noutro ano, que não este onde tive para tempo para nós e, claro, para mim. Foi super importante encontrar uma forma de partilhar e tentar chegar a mais famílias. Foi muito muito bom ter uma forma de me expressar durante os dias em que falava “bebesês” por várias horas seguidas.

Foi um desafio conciliar com o regresso ao trabalho, mas com as palavras de incentivo que vou recebendo tento não perder o gás. 😁

Eu própria

E a minha saúde. Este ano é marcado por um acentuar das escolhas que fazíamos enquanto família. Passaram a ser ainda melhores.

É marcado por uma vontade grande de estar em forma (posso dizer que nunca pensei ao final da segunda filha estar mais fit do que alguma vez estive em 36 anos 😎). Uma aposta em mim a continuar em 2018.

Os amigos

Os que já me acompanhavam e os novos que entraram com mais força nas nossas vidas. Brindo a eles e que continuem por muitos anos a entrar em nossa casa, sentar à nossa mesa, a dizer Bom dia logo pela manhã (viva o whatsapp 😅).

2017 foi sem dúvida um ano cheio. Tal como tinha sido 2007. 2008 foi ainda melhor e espero consegui manter essa tradição para o ano que vai entrar.

Para vós, que estão aí e me continuam a acompanhar, desejo tudo de bom! De bom e do bom! Com escolhas cada vez mais saudáveis!

Um brinde a todos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s