2018 é tempo

Escrevo o primeiro post do ano no dia 1 sentada no carro a ver o mar “do Guincho”.

O primeiro de janeiro tem aquele efeito de querermos lavar o que nos vai na alma do ano que passou. Pensar no que vamos fazer diferente e melhor. Prometer o que não vamos voltar a repetir. Acreditar que conseguiremos viver cada minuto do novo ano com mais intensidade. Ainda maior quando se tem filhos e vemos os dias passar a correr… parece que tudo passa tão rápido e, como não há forma de voltar atrás, ficamos muitas vezes com alguma amargura por não ter desfrutado com a intensidade devida.

Escrevo a ouvir Portishead, uma das bandas e músicas que sempre me ligou ao meu outro A.

Pai e filha mais velha já correm na praia. Eu fiquei com a baby no carro, que dorme. Ressacada por dois dias seguidos de festa e a deitar muito tarde.

2018 é tempo de mudar. Na minha cabeça fechou-se um ciclo de 10 anos. 2008 foi um ano de muitas mudanças e boas. Preparou, em certa medida, o que hoje sou e vivo. Ainda que bom temos de continuar a evoluir e crescer.

2018 é tempo de voltar a ter tempo. A primeira aposta vai para o outro A (adaptar a rotina a 2 filhos não é fácil). Precisamos de mais tempo para namorar. Para passear e conhecer restaurantes (sem ser uma refeição em turno alternado). Para ter conversas de adultos. Isso também nos vai permitir respirar fundo sempre que há um drama (ou birra!) e levar tudo com muito mais tranquilidade.

2018 tem de ter tempo para continuar a escrever, escrever o que me vai na alma, partilhar o que de bom descobrimos. Sabe tão bem que não quero perder esta via.

2018 tem de ter tempo para os amigos e a família. Porque por vezes o tempo corre e depois corremos nós atrás do tempo e prometemos que nos vamos ver mais vezes… mas quando vamos ver, o tempo passou e lá vão 365 dias.

2018 é tempo de continuar a ter tempo (e motivação) para me mexer. Porque o que faz bem ao corpo faz bem à alma. E os dois em sintonia tornam os nossos dias melhores.

2018 tem tempo de antena para continuar a comer bem e a cozinhar. Porque se há coisa que me dá imenso prazer e onde gosto de gastar o tempo, é na cozinha a fazer do bom.

Fiquem por aí.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s